novidades

+55  98  2109 5000


novidades

30/11/2017
culminância do núcleo de trabalho e pesquisa

O Núcleo de Trabalho e Pesquisa é um projeto baseado nas diretrizes curriculares do ENEM e é composto por oficinas que abordam temas variados. A proposta é conduzir os alunos a reconhecer problemas e buscar soluções, preparando-os não só para o mercado de trabalho, mas também para a vida. Participam deste projeto os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental II.

 

O projeto é dividido em dois semestres; no primeiro período deste ano, os alunos tiveram oficinas de “Acessibilidade para pessoas de baixa visão” e “Empreendedorismo Social”, que culminaram em um bazar solidário, no qual a renda arrecadada foi convertida em doação para ONG’s.

 

Já no segundo semestre, os alunos foram conduzidos a inovar. Assistiram filmes e séries como “Joy” e “Os tubarões”, que mostram o poder da inovação e do empreendedorismo, e a partir disso, eles tiveram que pensar propostas de objetos, sites ou aplicativos que fossem inovadores e trouxessem benefícios à sociedade. Para a professora Aparecida Castro, o momento foi de grande aprendizado para os estudantes, pois incentivou a criatividade, a imaginação e o espírito empreendedor. “Eu penso que é um despertar.  É criar algo e pensar como isso pode ajudar no nosso dia a dia”, declarou a educadora. 

Já a professora Joeldina Ramos contou que a culminância é um momento de compartilhar com a comunidade escolar as inovações feitas pelos alunos do Núcleo. “Algumas criações são novidades, algo que eles estão lançando, mas outras são melhoramento de projetos e produtos que já existem no mercado”, explica a educadora.

 

Durante a culminância, vários projetos chamaram a atenção. Aplicativos sobre o turismo no Maranhão, sites para contratação de trabalhadores, protótipo de mochila para carregar celular e iPads foram algumas das propostas interessantes vistas nos stands. Os criadores da mochila que carrega aparelhos eletrônicos contaram que a ideia partiu de uma necessidade das pessoas de sempre se manterem conectadas. “A ideia é que a mochila possa ser usada em qualquer lugar: em uma viagem, em acampamentos ou até mesmo para nós, que utilizamos o iPad na escola e precisamos mantê-lo carregado”, pontou Ana Clara, estudante do 9º ano C.