novidades

+55  98  2109 5000


novidades

27/05/2016
atividades literárias no crescimento calhau

Na Escola Crescimento Calhau, a Sala de Leitura Mauricio de Sousa realizou as Atividades Literárias durante toda esta semana (23 a 27 de maio).

 

Neste mês, para as turmas do 1° e 2° anos a proposta é “Contar histórias com os objetos da caixa”. Nesta atividade, os alunos são divididos em 3 grupos, e cada grupo deve  escolher uma criança que tem dois minutos para contar uma história, porém, uma outra criança de outro grupo é quem vai escolher os objetos pelos quais vai ser criada a história.

Adrielly Ferreira, assistente responsável pelo espaço de leitura, explica os objetivos da atividade. “É fazer com que os alunos interessem-se cada vez mais, em ouvir histórias, comentando-as, opinando sobre elas e trocando interpretações com os colegas. Fazer uso da imaginação e do conhecimento que tem sobre histórias que ele já leu e poder criar novas versões. Vivenciar a experiência da autoria de uma história e também trabalhar a capacidade de improvisar e utilizar a criatividade.”, explica a profissional.

 

Para os alunos do 3°, 4° e 5° anos, a atividade foi mais específica com o que as professoras estão trabalhando em português em sala de aula. Trata-se do “Tabuleiro Literário”. Neste jogo, as turmas são divididas em 4 grupos. Cada uma recebe um pino de cores diferentes. Para começar o jogo de tabuleiro os grupos jogam o dado um de cada vez e quem tirar o número maior começa, e assim sucessivamente. A turma que começa, joga o dado novamente e  é feita uma pergunta para o grupo. Se a resposta estiver correta, eles avançam as casas. Após a primeira jogada os outros grupos fazem as  suas também, e quem chegar primeiro, ganha o jogo. Os assuntos e as perguntas, todas foram feitas de acordo com o conteúdo que as turmas estão estudando ou  já estudaram em sala.

“O objetivo da atividade foi associar, de forma lúdica e dinâmica, os assuntos e gêneros literários que os alunos estudam em sala de aula com a professora com os gêneros literários que os alunos encontram na Sala de Leitura. Ampliando e explicando de forma mais dinâmica cada gênero. Desta forma, perceber o avanço do conhecimento literário, o que ajuda na leitura e escrita de cada aluno e no desenvolvimento intelectual dentro e fora da sala de aula”,  comentou Adrielly.

 

A professora do 3º ano, Mary Desiderio de Almada, falou também sobre sua avaliação do projeto da Sala de Leitura e a participação dos alunos. “Considero as atividades literárias de grande valia, pois geralmente trazem retomadas de assuntos estudados em séries anteriores e aplicam a literatura apropriada para a faixa etária de forma lúdica, divertida e envolvente”, avaliou a professora.

 

“Os alunos participam de forma ativa e entusiasmada! O bom dessas atividades, além do empenho das crianças em participar, é a abertura que nos dá, de também encontrar uma “brecha” de nos divertirmos com eles, não deixando de lado a aplicação em conteúdos que são importantes para o avanço na leitura e escrita. Vejo nas atividades literárias um momento muito propício para o encontro do brincar com o ensinar e, como isso é um ato rotineiro nas práticas de sala de aula. Viva as vindas à biblioteca!”, concluiu a educadora.